Fingers_and_thumb_in_circle_downward_motion
Homens que atingem o orgasmo diariamente têm menos probabilidades de desenvolverem cancro na próstata.

Um estudo revelou que aqueles que ejaculam mais vezes durante a sua vida têm 22% menos probabilidades de contrair a doença.

A pesquisa não menciona os motivos pelos quais a prática ajuda a prevenir o cancro da próstata, mas existem teorias que já se tornaram públicas anteriormente.

Acredita-se que a “punheta” pode livrar a próstata de produtos químicos causadores de cancro, enquanto ainda há teorias que dizem que, se o esperma sair, ele limpa a região e evita a acumulação de células velhas que podem tornar-se cancerosas.

O maior estudo relacionado com este facto contou com quase 32 mil homens com boa saúde durante 18 anos.

Desse número, 3.839 mais tarde desenvolveram cancro da próstata – mas os números mostraram que na faixa de 40-49, os homens que chegavam mais vezes ao orgasmo tinham um risco 22% menor de desenvolver a doença.

Jennifer Rider, da Harvard Medical School e do Hospital da Mulher de Brigham, disse que os resultados devem ser interpretados com cautela e são convincentes.

Fonte: Mirror

Scroll To Top