9 curiosidades sobre a XAROCA que decerto desconheces!

Apesar de quase metade da população do mundo ter uma e da maioria de nós chegar ao mundo através dela, a vagina ainda é uma parte tabu do corpo em muitos lugares do mundo!

A verdade é que ainda existem muitas pessoas que ainda se sentem desconfortáveis para conversar acerca isso, até mesmo com os seus médicos!

Assim, pensando nas mais de 3.5 biliões de xarocas ao redor do mundo, eis 9 factos fascinantes para adicionares ao teu arsenal de conhecimento…

1. A vagina auto-lubrifica-se com óleo de tubarão

Ok, o esqualeno não é o único brilhante lubrificante vaginal caseiro: ele também é o ingrediente chave do óleo de fígado de tubarão – um remédio muito antigo.

O esqualeno é até encontrado em plantas, desde o amaranto até o azeite, e é adicionado em muitos hidratantes.

2. A vagina é um músculo super forte!

As mulheres frequentemente não se dão conta disso até darem à luz: o músculo vaginal é incrivelmente forte.

Depois de ter filhos, claro, as mulheres têm que deixar a sua xaroca em forma novamente fazendo exercícios pélvicos para ajudar a manter a incontinência longe, assim como recuperar a força para fazer sexo e voltar a proporcionar de um orgasmo completo.

3. Ficar sentada por longos períodos de tempo faz mal à vagina

Além de causar dor nas costas, tensão nos ombros e câimbras nas pernas, ficar sentada por longos períodos faz a temperatura das virilhas aumentar, o que deixa as bactérias nocivas muito contentes!

Especialmente quando as mulheres usam calças justas, o humidificação natural da vagina a juntar com a fricção nas cuecas e na calças criam um terreno fértil para infecções. É bom dar a uma das partes mais sensíveis do corpo feminino espaço e ar fresco, além de lavá-la regularmente.

4. A xaroca é muito bem estruturada, então cuidado com os sabonetes!

Sabonetes anti-bacterianos e outros sabonetes abrasivos são totalmente desnecessários para essa parte do corpo. As pessoas que os utilizam arriscam-se a destruir as bactérias benéficas quem mantêm a vagina livre do excesso de leveduras e outros infecções fúngicas!

A vagina “auto-limpa-se” muito bem com sua secreções naturais e precisa apenas do sabonete normal e água durante o banho ou após o sexo.

5. Cuecas de algodão são as melhores amigas da vagina

As cuecas de renda podem ser super sensuais, mas elas são, normalmente, feitas de tecidos sintéticos que não deixam o corpo respirar tão bem quanto o algodão, e ficam frequentemente muito colados à pele, oferecendo às bactérias no ânus um caminho rápido até a vagina.

Considera usar lingerie erótica apenas em momentos rápidos e específicos. No restante do tempo, cuecas confortáveis de algodão são melhores e mais saudáveis para manter a região fresca e seca!

6. A vagina de uma mulher terá o cheiro da última coisa que ela comeu

A dieta afeta o cheiro da vagina: então, se a mulher tem um encontro importante marcado ou se está ansiosa para chafurdar com o companheiro, é melhor ela ter calma com o alho e a cebola.

Por outro lado, o cheiro agradável de frutas e vegetais frescos combinados com muita água vai deixar o teu parceiro louco por mais! Quem diria que fazer dieta ajudaria também em outras coisas?

7. A vagina é tão flexível quanto um ginasta olímpico

A vagina e o útero têm a incrível capacidade de se expandirem durante o desenvolvimento fetal e no parto. A elasticidade da vagina permite que esta se alargue várias vezes além do tamanho do seu diâmetro normal quando o bebé sai do útero, mas essa flexibilidade é via de mão única, já que a entrada é muito estreita.

Assim como com os ginastas olímpicos, é essencial descansar, recuperares, e treinares mais depois de um exercício tão intenso quanto o parto – um motivo pelo qual a maioria das mulheres devem dar um tempo nas relações sexuais por pelo menos algumas semanas depois de ter um bebé.

8. O clitóris tem apenas um propósito

A evolução tem sido bondosa com as mulheres. Sabias que o clitóris é um dos únicos órgãos que tem como única e exclusiva função dar prazer?

Enquanto o pénis tem várias funções, a parte externa do clitóris está lá apenas para fazer a mulher se sentir bem. Que presente!

9. A vagina tem mais terminações nervosas do que o pénis

Muito mais! Apesar de ser menor, na maioria dos casos, ela tem 8.000 terminações nervosas, em contraste com o pênis, que tem, em média, 4.000!

Mas não é apenas isso. Quando o clitóris é estimulado, ele pode atingir até 15.000 terminações nervosas. Não te esqueças: o nervos são basicamente a maneira que o nosso cérebro tem para comunicar com o nosso corpo. Assim, quanto mais terminações nervosas, mais “inteligente” é determinada área do corpo!