Alguns bilionários da China continuam a desaparecer em condições misteriosas…

Pois é, ultimamente tem acontecido algo atípico na China. Alguns CEOs bilionários têm desaparecido durante dias e até mesmo semanas, tudo sem qualquer explicação aparente para esse desaparecimento.

De acordo com o News.co.au, um homem de negócios chinês, de 34 anos de idade, desapareceu misteriosamente durante cerca um ano. Agora foi a vez de Xiao Jianhua, um chinês que foi raptado do Four Seasons Hotel, em Hong Kong.

Alegadamente, a polícia de Hong Kong tem filmagens CCTV do hotal a mostrar uma série de agentes de segurança a raptarem Xiao do hotel no dia 27 de janeiro. Mas porquê?

Crê-se que estes desaparecimentos súbitos se tevem a uma campanha anti-corrupção que anda a haver por aquela zona, o que tem “levado abaixo” uma série de oficiais do governo, bem como alguns corporais executivos. Ainda assim, é estranho porque a empresa de Mr. Xiao, a Tomorrow Group, publicou algumas coisas nas redes sociais (que já foram apagadas), a dizer que Xiao se encontrava apenas a recuperar de uma doença.

No sábado, o jornal Ming Pao publicou uma capa supostamente escrita por Mr. Xiao:

Leia-se: “Vamos cá evitar mal entendidos. Eu não fui raptado para lado nenhum. Sou patriota, estou cá e adoro o meu país”.

Alegadamente, Mr. Xiao havia voado para Hong Kong para tentar escapar às acusações de corrupção, tendo até trabalhado para o presidente da China, bem como para a sua família.

Cheira a esturro…