Autista que foi insultado no ginásio, aprende Direito, processa o intrutor e vence em tribunal!

Ketan Aggarwal tem 30 anos e é autista. Recentemente ganhou uma batalha no tribunal contra o instrutor de um ginásio que o apelidou de “estúpido”!

Ketan foi chamado de estúpido por um elemento do staff do Virgin Active, em Uxbridge, durante aula de spin. Tudo começou quando Ketan e outro ciclista falaram acerca do quanto a música estava lenta para o ritmo do treino. Isto fez com que o instrutor gritasse: “Não me digas como fazer o meu trabalho”.

Após isso, o líder da aula de spin chamou por duas vezes Ketan de estúpido, isto à frente de 30 pessoas.

Apesar de o homem se ter queixado ao ginásio, isso não fez com que o instrutor fosse castigado. Foi assim que ele decidiu levar a questão para tribunal, tendo Ketan processado o professor por discriminação contra desabilitados.

Ketan trabalha como administrador e preparou tudo antes de levar o processo avante: leu livros, encontrou artigos online acerca de discriminação e foi consultar casos idênticos anteriores para se preparar.

Dois anos depois ele estava preparado para atacar. O resultado? ketan ganhou o caso e o ginásio teve que lhe pagar uma indemnização, os custos por todo o processo e até teve que lhe fazer um pedido de desculpas.

Ainda assim, ele permaneceu humilde após ter ganho: “Ele chamou-me de estúpido por duas vezes. Chamar ‘estúpido’ a alguém com as limitações que eu tenho é idêntico a gozar com um homem em cadeira de rodas”, disse.