Eis o que podes encontrar dentro da tua proteína…

Esta é, muito provavelmente, a era dourada dos ginásios e dos seus utentes. São cada vez mais as pessoas activas e prontas para fazerem exercício físico nos ginásios mais próximos, seja para manter a linha, para perder uns quilos ou para crescer para o verão!

Como toda a gente sabe, os suplementos no ginásio também têm o seu peso na vida das pessoas que o frequentam. Afinal, a proteína é muito boa para ingerir quando não temos o tempo ideal para fazer as refeições que precisamos e que queremos e também há suplementos bons para ajudar os músculos a recuperarem após um bom treino…

A pergunta aqui é: o que estás realmente a beber quando preparas o teu shake de proteína?

Whey, caseína, aminoácidos – uma série de coisas, é a resposta. Ainda assim, um homem fez uma afirmação chocante na semana passada, tudo quando disse ter encontrado um rato morto na sua proteína!

Adam Brenton, de Manchester, afirma que estava a usar a proteína da Myprotein há cerca de três semanas quando se deparou com um rato morto no meu da sua proteína em pó, com sabor a chocolate. Extra proteína, portanto…

Obviamente que Adam quis uma compensação da parte da Myprotein por ter colocado a sua saúde em risco, mas a Myprotein ganhou mesmo o caso!

Após testes clínicos ao produto de Adam, descobriu-se que o rato só morreu cerca de três semanas depois de a proteína ter sido vendida! Provavelmente o cliente estava-se a tentar aproveitar de uma situação criada por ele.

Então, o que tens na tua proteína? Sódio, potássio, vitamina B12, magnésio. Mas ratos? Não, obrigado!