Médicas tiram selfie com paciente e podem ser acusadas de homicídio!

Duas médicas que se encontravam a participar numa cirurgia para tratar a apneia do sono de um paciente de Perugia, em Itália, podem ser acusadas por homicídio!

Numa selfie tirada por elas, as médicas aparecem sorridentes e a fazer sinais com as mãos para a câmara enquanto o paciente aparece ao fundo, numa maca.

Gino Pucciarelli, de 48 anos, teve alta no dia seguinte, 4 de julho de 2015. Porém, com uma hemorragia grave, o paciente voltou ao hospital oito dias depois. Ele acabou por morrer no dia seguinte.

A família de Gino acusa os médicos – além das duas da selfie, outros três profissionais estiveram envolvidos na cirurgia – de negligência que levou o paciente a falecer. A foto terá um papel importante no processo, de acordo com o The Sun. A apneia do sono é uma interrupção da respiração, provocada por irregularidades anatómicas.